Doença

De Enciclopédia Médica Moraes Amato
Ir para: navegação, pesquisa

A doença (do latim dolentia, padecimento) designa em medicina e outras ciências da saúde um distúrbio das funções de um órgão, da psique ou do organismo como um todo, que está associado a sinais e sintomas específicos. Pode ser causada por fatores externos, como outros organismos (infecção), ou por disfunções ou mau funcionamento interno, como as doenças autoimunes. A patologia é a ciência que estuda as doenças e procura entendê-las. É caracterizada como ausência de saúde, um estado que ao atingir um indivíduo provoca distúrbios das funções físicas e mentais. Pode ser causada por fatores exógenos (externos, do ambiente) ou endógenos (internos, do próprio organismo). A OMS classifica doença como a ausência de saúde e disponibiliza para a sociedade a Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde, designada pela sigla CID. No CID temos acesso à classificação das doenças e à grande variedade de sinais, sintomas, aspectos normais, queixas, circunstâncias sociais e causas externas para ferimentos e doenças.

Segundo a OMS, são consideradas doenças:

Doenças infecciosas e parasitárias;

Neoplasmas (tumores);

Doenças do sangue e dos órgãos hematopoiéticos e alguns transtornos imunitários;

Doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas;

Transtornos mentais e comportamentais;

Doenças do sistema nervoso;

Doenças dos olhos e anexos;

Doenças do ouvido e da apófise mastoide;

Doenças do aparelho circulatório;

Doenças do aparelho respiratório;

Doenças do aparelho digestivo;

Doenças da pele e do tecido subcutâneo;

Doenças do sistema osteomuscular e do tecido conjuntivo;

Doenças do aparelho geniturinário;

Gravidez, parto e puerpério;

Algumas afecções originadas no período perinatal;

Malformações congênitas, deformidades e anomalias cromossômicas;

Sintomas, sinais e achados anormais de exames clínicos e de laboratório, não classificados;

Lesões, envenenamentos e algumas outras consequências de causas externas;

Causas externas de mobilidade e de mortalidade.

comments powered by Disqus