Oxigênio

De Enciclopédia Médica Moraes Amato
Ir para navegação Ir para pesquisar

(CID10 – T41.5) [símbolo químico – O; número atômico – 8; peso atômico – 15,9994; grupo da tabela – 16; configuração eletrônica – [He].2s2.2p4; Classificação – não metal; Estado físico – gasoso (T=298K)].
O Oxigênio é um gás incolor, inodoro e insípido e atóxico. Forma cerca de 21% em volume da atmosfera terrestre, seus Compostos e ele formam 49,2%, em peso, da Crosta terrestre e 88,9%, em peso, da Água. Pode ser considerado como o elemento mais importante por atuar diretamente nas funções vitais dos seres vivos. O ozônio (O3), Forma alotrópica do oxigênio, é formado por uma descarga elétrica ou ação da luz ultravioleta no Oxigênio. É um importante componente da atmosfera, pois evita que os raios ultravioleta do sol atinjam a superfície da Terra. Noventa por cento da quantidade de ozônio está presente numa camada entre 10 e 50 Km acima da superfície, na região da atmosfera conhecida como camada de ozônio. Segundo a Teoria da Evolução da [email protected];/[email protected] há aproximadamente 3 bilhões de anos, o planeta Terra estava em formação; não havia Oxigênio na atmosfera. A atmosfera era constituída principalmente pelos gases Dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e amônia (NH3). A amônia foi decomposta pela energia solar, produzindo e liberando gás Nitrogênio (N2) na atmosfera. O Oxigênio@b;/[email protected] O2, surgiu à partir do Processo de fotossíntese das plantas. Por sua alta reatividade, começou a se combinar com outros elementos e compostos, formando a Crosta terrestre. Esse Processo levou alguns milhões de anos. Mesmo após o fim dessas reações, as plantas continuaram a produzir Oxigênio que, sem ter como se combinar, começou a formar a atmosfera terrestre.
Em 1772, o Oxigênio foi detectado como um dos elementos componentes do ar pelo químico sueco Carl Wilhelm Scheele, mas a descoberta não foi publicada. Em 1774, Joseph Priestley ficou com o crédito da descoberta com a publicação oficial. Em [email protected];/[email protected] Antoine Lavoisier, químico francês, propôs o nome Oxigênio para o elemento descoberto.
O Oxigênio gasoso Forma cerca de 21%, em volume, da atmosfera terrestre. Considerando os seus de compostos, está presente em 49% das moléculas da Crosta terrestre. É obtido comercialmente por processos de separação do ar. É um elemento essencial na manutenção das funções vitais dos seres vivos. Foi padrão de comparação para os Elementos químicos até 1961 (quando a IUPAC adotou o Carbono 12 como padrão).
Usos e aplicações – equipamentos de respiração artificial para mergulhadores; na indústria petrolífera e na indústria química, é usado na produção de gás sintético, gás natural e combustíveis líquidos. Fabricação de amônia e Metanol. Em hospitais, para fins terapêuticos; na indústria metalúrgica, em conjunto com acetileno e outros gases combustíveis, é usado para: corte, aquecimento, endurecimento, scarfing, limpeza e Desidratação de metais; fabricação de aço em alto forno; essencial na combustão.