Neurocirurgia

De Enciclopédia Médica Moraes Amato
Ir para: navegação, pesquisa

(ref. competências do especialista) Apto a executar: Tratamento cirúrgico dos processos expansivos hemisféricos cerebrais e cerebelares; conduta clínico-cirúrgica nos traumatismos cranioencefálicos e raquimedulares; Tratamento das doenças da coluna vertebral, com exceção dos tumores intramedulares e angiomas medulares; Tratamento das malformações congênitas, não-vasculares, do Sistema nervoso Central; Tratamento das hidrocefalias; Tratamento de lesões de nervos periféricos, exceto as lesões dos plexos nervosos. (Fonte: Fundap modificado)
1- saber se é um problema neurológico e para tanto saber fazer muito bem o exame neurológico, estabelecendo o local, o Tipo da lesão, o Diagnóstico mais provável, e os exames a serem pedidos. Deve dominar a interpretação do líquor, de toda neuro-imagem, da eletroencefalografia, da ENMG - eletroneuromiografia, dos potenciais evocados e da medicina nuclear. Com tudo isto deve tomar a conduta mais adequada, não deixando de se consultar com os mais experientes se necessário; 2- Hipertensão intra-craniana e Hidrocefalia; 3- Traumatismo crânio-encefálico: este ítem é de enorme importância, por se tratar da terceira maior Causa de morte, só perdendo para as doenças cardio-vasculares e para o Câncer; 4- tumores do Cérebro; 5- tumores da Hipófise; 6- Hemorragia sub-aracnóide: este capítulo merece especial atenção, pois a falta de Diagnóstico imediato significa freqüentemente a Morte; 7- Acidente Vascular cerebral isquêmico e hemorrágico. Muitos destes acidentes podem ser evitados com um Mínimo de cuidado na Prevenção dos mesmos. A Aterosclerose carotídea é um bom exemplo disto, quando removendo uma Placa potencialmente perigosa se evita o Acidente Vascular cerebral; 8- anormalidades de desenvolvimento: Cisto aracnóide, Malformação de Chiari (anomalia onde há Deslocamento Caudal do Cerebelo Inferior e, às vezes, Bulbo através do foramen magno), siringomielia, anomalias da junção crânio-vertebral (invaginação basilar, platibasia), Cisto de Dandy-Walker (alargamento Cístico do Quarto ventrículo com Hipoplasia do Cerebelo e hidrocefalia), disrafismo espinhal e cranioestenose; 9- infecções do Sistema nervoso Central; 10- lombalgia e lombociatalgia: ítem muito importante pois 80% da população mundial sofreu, sofre ou sofrerá do problema em alguma fase da vida; 11- Hérnia de disco cervical e Espondilose cervical; 12- Compressão medular; 13- Trauma raque-medular; 14- lesões de nervos periféricos e tumores dos mesmos; 15- conduta neurocirúrgica na dor aguda e crônica; 16- desordens do movimento - aspectos neurocirúrgicos; 17- Epilepsia - aspectos neurocirúrgicos. (Fonte: Dr. Luiz Fernando Pinheiro Franco - Academia de Medicina de São Paulo)

comments powered by Disqus