Hidrogênio

De Enciclopédia Médica Moraes Amato
Revisão de 17h24min de 11 de setembro de 2011 por Aamato (discussão | contribs) (uma edição)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

[símbolo químico – H; número atômico – 1; peso atômico – 1,00794; grupo da tabela – 1; configuração eletrônica – 1s1 ; Classificação – não metal; Estado físico – gasoso (T=298K)].
Gás incolor, inodoro, insípido e altamente inflamável. Apesar de possuir a mesma configuração do elétron de Valência dos elementos do grupo 1, ns1, é um não metal. No Estado elementar é encontrado em moléculas diatômicas H2. Tem alguma semelhança com os metais alcalinos mas não está associado à nenhum grupo da Tabela periódica.
Henry Cavendish, em 1766, foi quem primeiro isolou e estudou as propriedades físicas do Hidrogênio. Observando que este explodia quando aquecido em Contato com o ar, chamou-o de ar inflamável. O químico Joseph Priestley notou que após a explosão, o Tubo da experiência estava úmido nas paredes. Cavendish investigou a matéria formada e provou que a Água era um composto de Oxigênio e Hidrogênio.
Resumo histórico do Hidrogênio: 1670 – Robert Boyle produziu um gás inflamável, reagindo alguns metais com Ácido. 1766 – Henry Cavendish, químico e físico Inglês, nomeia o gás inflamável como ar inflamável. 1783 - Antoine Lavoisier, químico Francês, repete a experiência de Cavendish e chama o gás resultante de Hidrogênio. 1906 – J. J. Thomson demonstrou que o Átomo de Hidrogênio possui um elétron apenas.
O Hidrogênio é o mais abundante elemento no Universo. Foi formado nos primeiros ïnstantes após o Big Bang - segundo a teoria de mesmo nome, o momento da explosão que formou o Universo. Apesar da estimativa de 89% de todos os átomos no Universo serem de hidrogênio, poucos deles ocorrem livres na Terra; por ser um gás muito leve, o H2 escapa com facilidade da força da gravidade. No nosso [email protected];/[email protected] o Hidrogênio é encontrado, na Forma combinada, na água, nos oceanos, nos rios, nos minerais e até nos seres vivos.
Usos e aplicações – É o componente principal na fabricação de produtos químicos, especialmente amônia - NH3 - e Metanol - CH3OH. É usado em grandes quantidades nas refinarias para produção de gasolina e lubrificantes; na indústria de fertilizantes, no Processo de fabricação de vidros, em metalúrgicas, no refino de metais e semicondutores. O Hidrogênio usado como Célula combustível para gerar potência elétrica está sendo estudado de modo a movimentar veículos. As células combustíveis não poluem o Ambiente e são uma boa alternativa para substituir o óleo combustível. Na produção de sabã[email protected];/[email protected] margarina e manteiga de amendoim; como combustível para foguetes; na indústria farmacêutica, na produção de Vitaminas e Cosméticos.
Cianeto de ___ ou seus Derivados tóxicos, (ref. Decreto n. 3.048 de 06/05/1999 – Agente causador de doenças do Trabalho) Demência em outras doenças específicas classificadas em outros locais (F02.8); Encefalopatia Tóxica Crônica (G92.2) (Seqüela); Queratite e Queratoconjuntivite (H16); Bronquite e Pneumonite devida a produtos químicos, gases, fumaças e vapores (Bronquite Química Aguda); Edema Pulmonar Agudo devido a produtos químicos, gases, fumaças e vapores (Edema Pulmonar Químico) (J68.1); Síndrome de Disfunção Reativa das Vias Aéreas (SDVA/RADS) (J68.3); Bronquiolite Obliterante Crônica, Enfisema Crônico Difuso ou Fibrose Pulmonar Crônica (J68.4).
(ref. trabalhos que contém Risco) Operações de Fumigação de inseticidas, síntese de produtos Químicos orgânicos; eletrogalvanoplastia; extração de Ouro e Prata; produção de aço e de plásticos (especialmente o acrilonitrilo-estireno); siderurgia (fornos de coque).
Sulfeto de ___ (ácido sulfídrico) (ref. Decreto n. 3.048 de 06/05/1999 – Agente causador de doenças do Trabalho) Demência em outras doenças específicas classificadas em outros locais (F02.8); Encefalopatia Tóxica Crônica (G92.2) (Seqüela); Queratite e Queratoconjuntivite (H16); Transtornos do nervo olfatório (Inclui Anosmia) (G52.0); Conjuntivite (H10); Bronquiolite Obliterante Crônica, Enfisema Crônico Difuso ou Fibrose Pulmonar Crônica (J68.4)
(ref. trabalhos que contém Risco) Estações de Tratamento de águas residuais; mineração; metalurgia; trabalhos em silos; processamento de açúcar da beterraba; curtumes e matadouros; produção de viscose e celofane; indústria química (produção de Ácido sulfúrico, Sais de bário); construção de túneis; perfuração de poços petrolíferos e gás; Carbonização do Carvão a baixa Temperatura; litografia e fotogravura.